Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

Moana... saber que eu sou

April 4, 2018

 

 

Trago esse texto que escrevi no ano passado após assistir o filme "Moana: um mar de aventuras". Adorei o filme, minha filha ainda diz que a Moana é a minha princesa preferida (será que é algum arquétipo?). Acredito que o roteiro ilustra uma bela maneira de se falar com as crianças sobre propósito, verdade pessoal e papéis. 

 

Boa leitura...

 

Utilizei como referência o livro de Richard Barrett, link abaixo:

 

 

 

Na última semana assisti ao filme Moana: Um Mar de Aventuras com minha filha, a história da jovem corajosa e decidida é uma ilustração bem interessante do conflito entre vivenciarmos a nossa essência e os papéis a nós direcionados pela família e sociedade e as vezes até por nós mesmos a partir de nossas crenças.

Nas palavras de Barrett, a pessoa que exibimos para o mundo não é o nosso verdadeiro eu, mas o nosso eu com uma mente socializada. Se está diferença entre o falso eu e o eu único é grande nos sentimos desconfortáveis - vivenciamos um mal-estar sobre quem somos e o que devemos fazer com nossas vidas. Moana expressa essa inquietação, mesmo tentando assumir seu papel na tribo, ela dá uma bela suspirada toda vez que se aproxima do mar.

Geralmente esse eu único é empurrado para o fundo, sendo sobreposto pelo falso eu originado a partir  da programação parental e do condicionamento social que recebemos durante a infância. Trazendo para nossa realidade, quantas vezes as pessoas deixam de lado sua essência, demonstrada através de seus talentos e aspirações para viver de forma mais aceitável dentro de seu grupo, mesmo que internamente não sinta-se bem com aquela situação. No primeiro momento, Moana  aceita a condição externa, já que todos na ilha tem o seu papel, mas seu coração não deixa de vibrar por aquilo que ela ama e acredita ser sua missão.

O conflito entre viver o que se sonha e o que é esperado é intrínseco a nossa jornada evolutiva, a forma como vamos encará-la é que vai orientar o caminho, ou seja é a partir de nossas escolhas que construímos nosso viver. De acordo com Maslow, todo ser humano tem dois conjuntos de forças dentro dele, enquanto um conjunto se apega a segurança e defesa por medo; o outro nos impele para a frente em direção a totalidade e à singularidade do ser, através do amadurecimento a partir de suas potencialidades. Moana escolhe desafiar a regra familiar/social e vai navegar para além dos limites estabelecidos, essa quebra com as expectativas externas, é chamada individuação. Nos individualizamos quando nos sentimos confiantes o suficiente para escolher a independência sobre a dependência, quando estamos dispostos a arriscar a separação da segurança e da proteção parental.

Moana amadurece ao ouvir seu coração, durante sua jornada desenvolve novas habilidades e quando retorna à sua ilha está diferente aos olhos de todos, inclusive dela mesma, mais forte e mais preparada para assumir seu papel de líder, a liderança à sua maneira.

Ao cumprir sua missão, ela alcança o equilíbrio entre sua essência e seus papéis, sua inquietação entre o sonho e a obrigação dá lugar a uma maior segurança de si mesma e a consciência da contribuição ao seu povo. Moana estabeleceu, o que Richard Barrett denomina estabilidade interna e equilíbrio externo, uma  condição universal necessária para o progresso evolutivo, o que é tão verdadeiro para a evolução física quanto para a evolução psicológica.

Depois dessa reflexão, claro que a Moana tornou-se a minha "princesa" preferida... espero que sua história possa inspirar muitas pessoas a ouvirem o que seu coração nas escolhas que fazem pela vida.

 

E você, o que acha das histórias infantis como forma de transmissão de valores, crenças e comportamentos sociais? Quais as histórias que marcaram a sua infância? E qual é a preferida dos seus filhos? Que mensagens você observa nelas?

 

Abraço! 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

 

Agende seu horário aqui

 

+55 85 99622-6782

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now